DMAE, tudo sobre esse novo tratamento!

Uma nova substância, de nome complicado, mas com resultados, aparentemente surpreendentes, contra flacidez e rugas, promete balançar o reinado do botox, o produto que virou febre entre aqueles que procuram uma aparência mais jovem, de forma rápida e indolor. Trata-se do DIMETILAMINOETANOL, mais conhecido como DMAE.

O dimetilaminoetanol, substância encontrada principalmente em peixes, como salmão e anchova, foi descoberta por acaso e reproduzido em laboratório, com a finalidade de tratar casos de hiperatividade e depressão. Tomado na forma de comprimidos, observou-se que um dos efeitos era a contração excessiva dos músculos do pescoço dos pacientes.

Ao contrário da maioria dos cosméticos, o creme não age sobre as camadas superficiais ou mais profundas da pele, e sim na contração muscular. Por isso, não é preciso evitar o sol nem temer descamações.

Na verdade, a substância é antiga conhecida da medicina. Encontrado, naturalmente, na sardinha e no salmão, o DMAE era usado para melhorar a memória e tratar casos de hiperatividade e depressão leve.

Mas médicos e pacientes observaram que o uso do composto provocava um enrijecimento da musculatura do pescoço. A explicação é a de que a substância agiria nas fibras musculares, provocando o endurecimento do músculo.

O resultado seria menos flacidez e a pele mais esticada, diminuindo as rugas.